Volvo FMX

O Volvo FMX é um camião de construção moderno, repleto de soluções inovadoras e revolucionárias.

4×2, 4×4, 6×2, 6×4, 6×6, 8×2, 8×4, 8×6, 10×4 ou 10×6

D11 ou D13 (330 a 540 cv)

Chassis feito para condições difíceis.

O novo Volvo FMX foi desenvolvido com um objetivo em mente – ser o melhor camião de construção. É por isso que concebemos o chassis de forma a suportar as condições de condução mais difíceis e as cargas mais pesadas, ano após ano.

Mas os camiões de construção não são só pesos elevados e terrenos extremos. É por isso que o Volvo FMX vem equipado com várias funcionalidades inteligentes para o chassis, como tridem, Controlo Automático de Tração e suspensão pneumática, para proporcionar uma excelente economia de combustível e um conforto de condução de qualidade superior.

Alturas do chassis, aprox.

  • Médio: 900 mm
  • Alto: 1000 mm
  • Extra alto: 1200 mm
  • Extra alto: 1240 mm

Distâncias entre eixos

  • Tractor: 3.000 a 4.100 mm
  • Rígido: 3.200 a 6.700 mm

Veja as especificações completas do chassis



Suspensão pneumática traseira do Volvo FMX

Suspensão pneumática traseira. Agora também para AWD.

A maioria dos camiões de construção são conduzidos, pelo menos, metade do tempo descarregados. Normalmente, são viagens com muitos solavancos e muita vibração no chassis. Isso não acontece com a suspensão pneumática. Esta suspensão permite ter uma viagem suave e confortável – poupando o motorista, o camião e a carga a desgaste desnecessário. A nossa suspensão pneumática foi especificamente concebida para camiões de construção e está agora disponível também para configurações 4×4, 6×6, 8×6 e 10×6.

Saiba mais sobre a suspensão pneumática para construção.

Leia o significado da nova suspensão pneumática

Novo eixo dianteiro motriz do Volvo FMX

Eixo dianteiro motriz. Mas apenas quando é necessário.

Se conduzir em terrenos extremos, provavelmente precisa de um camião com um eixo dianteiro motriz ou tração integral. O Controlo Automático de Tração (ATC) é uma nova e revolucionária funcionalidade que ativa automaticamente o eixo dianteiro, mas apenas quando é necessário. Terá sempre a tração de que precisa para evitar ficar preso. Mas, ainda mais importante, quando não está ativado, poupa até 2% de combustível em comparação com um eixo dianteiro ativado em permanência. O ATC é equipado de série para configurações 4×4, 6×6, 8×6 e 10×6.

Saiba mais sobre o Controlo Automático de Tração (ATC).

Leia o significado do novo eixo dianteiro motriz

Capacidade do eixo dianteiro aumentada

Uma ou duas toneladas adicionadas sobre os eixos dianteiros. Todos os ciclos.

Se pretende ser produtivo, há menos coisas mais importantes do que a capacidade de carga, e cada tonelada adicional que conseguir transportar traduz-se em melhores margens de lucro. Especialmente se trabalhar numa área fechada, em que pode carregar o camião até ao limite técnico do mesmo. Aumentámos agora a capacidade de carga da suspensão dianteira de 18 para 20 toneladas para eixos dianteiros duplos. E o eixo dianteiro motriz pode agora suportar cargas até 10 toneladas.

Vários eixos direccionáveis do Volvo FMX

Tridem.
Viragens mais apertadas, maior economia de combustível.

Em comparação com os eixos dianteiros duplos, comuns nos camiões de construção, o bogie tridem permite ao camião ter um ângulo de viragem significativamente mais apertado. Escolha entre um eixo morto e pusher (ou tenha ambos, num 8×2). Ambos têm direção hidráulica e podem ser elevados quando conduz sem carga, poupando combustível e desgaste desnecessário dos pneus. O bogie tridem está homologado para cargas até 36 toneladas, o que contribui para um peso bruto máximo do veículo até 56 toneladas num 10×4.

Saiba mais sobre as vantagens do tridem

O Gestor de Produto Peter Frleta explica como o Tridem permite poupar tempo e dinheiro

Volvo FMX com 5 eixos

Cinco eixos de fábrica.
Sem necessidade de retroinstalações.

Podemos agora oferecer camiões com 5 eixos de fábrica. Os benefícios em comparação com a retroinstalação de um eixo são bastantes. O camião fica com aprovação de tipo de veículo completo. Fica com ele mais rapidamente e evita trabalhos de reconstrução dispendiosos. Também fica com total garantia e apoio após-venda da Volvo, o que contribui para menos custos operacionais a longo prazo. Escolha entre um 10×4 e um 10×6 (com um eixo dianteiro motriz).

Saiba mais sobre os camiões com cinco eixos

EBS para travões de tambor

EBS. Agora também para travões de tambor.

Com a mais recente adição ao nosso programa de travagem, escolher travões de tambor não significa que tenha de fazer cedências ao nível dos travões. Os travões com controlo eletrónico (EBS) oferecem uma série de grandes vantagens em comparação com um sistema convencional, fornecendo uma resposta, um desempenho e uma sensação de travagem significativamente melhores. Além disso, fica com acesso a uma gama de funcionalidades úteis, como a travagem combinada (em que os travões auxiliares ajudam os travões de serviço), a Ajuda ao Arranque em Subida e o Controlo de Arranque (em que os travões cooperam com a I-Shift). O EBS está disponível para uma gama específica de configurações de eixo e alturas de chassis.

Configuração de chassis flexível

Disposição de chassis para tractor do Volvo FMX

Caixa das baterias (BBOX-L)
Situada no lado esquerdo do chassis, 300 mm mais à frente por comparação com o design anterior. Em tractores, esta modificação permite um acréscimo de 100–120 litros na capacidade de combustível.

Caixa das baterias (BBOX-EF)
Colocada na saliência traseira do chassis, no centro das longarinas, esta opção permite uma maior capacidade de combustível nos tractores.

Depósito de AdBlue
Em tractores, é possível montar um depósito de AdBlue de 50 litros sobre o chassis, atrás da cabina, permitindo aumentar a capacidade de combustível (ADTP-BC).

APM
Nos tractores, o Modulador de Produção de Ar (APM) está colocado no interior do chassis, entre as longarinas, permitindo libertar mais espaço para equipamento montado nas laterais do chassis, como depósitos de combustível.


Disposição de chassis para rígido do Volvo FMX

Espaço livre no chassis
Os componentes instalados no chassis podem vir montados em posição mais recuada, criando espaço junto à traseira da cabina. Esse espaço pode ser utilizado, por exemplo, pelas sapatas de apoio para gruas ou para instalação de outros equipamentos. (FAA10; aprox. 500 mm), (FAA20; aprox. 600 mm).

Linha de furos para fixação de superstruturas no chassis

A linha de furos superior está reservada para a superstrutura. Todos os suportes utilizados na linha de furos superior têm um espaçador de 8 mm. Não são utilizados rebites na linha de furos superior.

Preparação para montagem de grua
As placas de fixação para instalação de grua no chassis podem ser montadas de fábrica.

Suspensão pneumática traseira e saliência traseira curta
A saliência traseira pode ser mais curta graças um novo design de barra estabilizadora traseira. Consegue-se assim uma maior adaptação a aplicações de construção e, por exemplo, o trabalho com máquinas de pavimentação de estradas.