Hybrid

Discretamente, chegou o híbrido mais potente

O primeiro camião pesado híbrido utiliza propulsão diesel e eléctrica em simultâneo para reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 até 30% na recolha de resíduos urbanos. Mas isso é apenas uma parte. Substituindo o motor diesel tanto no arranque como a baixas velocidades, o motor eléctrico permite ao condutor desfrutar de uma melhor aceleração – reduzindo-se ao mesmo tempo o nível de ruído emitido.

OPERACIONAL EM MERCADOS SELECCIONADOS
Os testes de campo foram discretamente realizados em França, no Reino Unido e na Holanda desde 2008. Os primeiros 100 camiões pesados híbridos em produção destinam-se aos seguintes mercados: Suécia, Noruega, Finlândia, Dinamarca, França, Alemanha, Áustria, Suíça, Itália, Holanda, Bélgica e Luxemburgo.

26 TONELADAS DE PAZ E SILÊNCIO
Os sectores da distribuição e da recolha de resíduos sólidos em áreas urbanas são os que mais ganham. É aí, onde acontece o pára arranca a baixas velocidades, que a tecnologia híbrida pode poupar mais combustível. E com um peso total que pode chegar às 26 toneladas, as poupanças podem ser significativas.
 “Os comentários dos nossos motoristas de teste confirmam uma parceria perfeita entre a tecnologia híbrida e a condução em cidade: O Volvo FE Híbrido é rápido e silencioso na cidade – um bónus inesperado quando se reduz o consumo de combustível e as emissões de CO2 de forma tão significativa.’’
Lars Mårtensson, Director do Departamento Ambiental da Volvo Trucks

every drop counts
Hybrid engine 
O motor eléctrico, ou MDS (Motor Drive System), encontra-se entre o motor diesel de 7 litros e a transmissão I-Shift automática.
TECNOLOGIA AVANÇADA
O motor eléctrico, ou MDS (Motor Drive System), encontra-se entre o motor diesel de 7 litros e a transmissão I-Shift automática. Desta forma, o motor diesel pode entrar facilmente em acção quando o poderoso motor eléctrico tiver já feito o arranque do veículo, continuando os dois em simultâneo. Com a ajuda do gerador, a energia recuperada dos travões é utilizada para accionar o motor eléctrico e para carregar as baterias de iões de lítio, não sendo necessário outro tipo de carregamento.

REDUÇÃO DAS EMISSÕES DE CO2, DO CONSUMO DE COMBUSTÍVEL E DOS NÍVEIS DE RUÍDO NA CIDADE
Comparado com o camião a diesel convencional, o consumo de combustível pode ser reduzido até 20% nas operações de distribuição. Os camiões de recolha de resíduos sólidos podem esperar uma redução do consumo de combustível em 20% – ou até 30% quando é utilizada uma unidade de compactação eléctrica plug-in em vez de uma normal tomada de força na linha motriz do veículo. De igual modo, as emissões de CO2 podem ser reduzidas até 30%. O nível de ruído do veículo pode ser reduzido a metade durante a aceleração inicial. 

Contacte o seu concessionário para verificar disponibilidade.