Ver o que precisa de ver

Reduzindo o tempo que um motorista precisa de desviar os olhos da estrada, reduz-se o risco de acidente – foi esta a forma de pensar ao conceber o painel de instrumentos do novo Volvo FH. Tal conduziu a uma maior flexibilidade no painel e a menos distracções visuais.

Superfícies lisas e limpas tornam o ambiente de condução ainda mais harmonioso. Um bom exemplo é o monitor secundário (SID), que foi integrado no painel de instrumentos e não perturba o campo de visão.

Outro aspecto importante foi o melhoramento da qualidade de imagem dos ecrãs.

"Os novos ecrãs têm melhor contraste, nitidez e cor. Também é mais fácil navegar nos menus e encontrar o que se procura", diz Nina Theodorsson, que tem trabalhado com o painel de instrumentos. Isto permite localizar mais facilmente as informações. Os botões e as hastes necessárias para controlar o veículo também devem ser fáceis de ver e de utilizar. Por esse motivo, os botões apresentam agora superfícies que permitem distingui-los com os dedos e uma sensação de clique distintiva.

"O Volvo FH é o primeiro com regulação adicional do volante. O segredo está no volante."

Reorganizar os seus botões

"O motorista ou transportador pode simplesmente reorganizar as posições de diversos botões, de forma a que as funções utilizadas com maior frequência fiquem mais acessíveis", diz Nina Theodorsson. Os botões fixos foram colocados sobretudo perto da área que controlam. Existem botões na porta para as janelas e os espelhos laterais, e no tecto para a luz intermitente amarela, o microfone, etc. "Estes encontram-se nos locais onde é mais provável procurá-los", diz Nina Theodorsson. "Em conjunto, estas alterações contribuem para criar um ambiente de trabalho mais seguro para os motoristas e reduzir os danos no camião". "Agora, os motoristas podem manter os olhos onde estes devem estar – na estrada."

Todos os tipos de corpos são bem-vindos

Alto ou baixo, magro ou forte, todos os motoristas poderão encontrar uma posição de trabalho confortável. O novo banco do condutor tem melhores protecções e é mais versátil. O segredo está no volante. Com a regulação adicional do próprio volante, uma função que evoca associações luxuosas, o volante pode ser inclinado, e não apenas elevado e rebaixado como antes. "Quando os braços descem um pouco, a condução melhora", diz Peter Johansson, engenheiro de design da Volvo. Juntamente com funções de elevação e rebaixamento, as rodas podem chegar a um ângulo de 40 graus, sendo que 10 são graças à função de inclinação. Um volante mais vertical faz com que o Volvo FH se pareça mais com um carro convencional.

Local de trabalho do Volvo FH

Gama de bancos ampliada

Os motoristas altos, em particular, vão gostar do aumento da área ajustável do banco do motorista. O banco pode recuar mais no novo Volvo FH, 4 centímetros para ser preciso. Na globalidade, o banco pode deslizar até 24 centímetros numa direcção longitudinal (o melhor da classe). A distância de elevação ou rebaixamento do novo banco é de 10 centímetros.

O banco também tem uma nova forma. Entre outras coisas, melhorou o suporte lateral e permite ter um suporte mais longo das pernas. Mas esta é uma área complicada: um suporte das pernas muito pequeno não é bom e muito grande também não é bom, dado que dificulta entrar e sair do banco. "O novo banco é fantástico quando se percebe que foi concebido para motoristas com quase todas as formas e tamanhos", diz Peter Johansson.

4
Local de trabalho