I-Shift do Volvo FMX
Levante a mão para ter tracção integral com I-Shift

Até agora, encomendar um Volvo FMX com eixo motriz dianteiro significava escolher entre caixa manual e a Powertronic automática. Mas com as mais recentes modificações, a I-Shift passou a ser uma opção para todos os veículos com tracção ao eixo dianteiro.

A I-Shift modificada permite aos clientes encomendar camiões 4×4, 6×6 ou 8×6 com a transmissão I-Shift automática da Volvo. Com isso, podem optar entre mudanças manuais e automáticas em qualquer altura. Apenas são necessários pequenos ajustes para que a transmissão inteligente seja compatível com os eixos motrizes dianteiros. Astrid Drewsen é o gestor de produto responsável pela oferta de expansão, o que inclui linhas motrizes D11 e D13.

Sempre que existir o risco de ficar preso

Necessário porquê

“Significa que o Volvo FMX consegue enfrentar terreno irregular e acidentado com o conforto e a eficiência de combustível da nossa transmissão mais popular. Isso é particularmente importante em condições difíceis em que é preciso manobrar muito. Permite ao motorista descontrair um pouco e deixar que a I-Shift faça parte do trabalho. Ao mesmo tempo, garante que tem o menor consumo de combustível possível”, explica Astrid Drewsen.

Caixa de velocidades I-Shift

Rápido e suave

O facto de a I-Shift gerir as mudanças de velocidade de forma rápida e suave faz com que seja muito popular entre motoristas. E é inteligente o suficiente para saber quando saltar velocidades. Mas as características de condução não são o único benefício, sendo que a suavidade que apresenta também coloca menos pressão sobre a linha motriz e os pneus, minimizando os custos de manutenção.

Tire o máximo dos dois mundos

“E tem-se sempre a possibilidade de utilizar o modo manual – talvez se pretender ter a certeza absoluta de que mantém a mesma velocidade num troço de terreno escorregadio. Claro está, a caixa Powertronic e manual continua disponível para as condições mais extremas. Mas, para o trabalho de construção geral, esta é a melhor transmissão. É o melhor de dois mundos para o motorista – e o operador”, diz Astrid Drewsen.

Programa ideal

O facto ser possível personalizar a I-Shift de acordo com o tipo de condução do camião faz com que seja ideal para tarefas de construção dentro e fora de estrada. Entre outras coisas, o programa de construção para I-Shift disponibiliza modos como o P+ para pisos em más condições. Isso garante que as mudanças de velocidade são realizadas em regimes de rotações mais elevados. As opções de construção também podem ser combinadas com opções de poupança de combustível. Assim, o I-See pode ser utilizado sempre que o camião está na estrada.

Astrid Drewsen

Onde e quando?

“Um Volvo FMX 8×6 com I-Shift é perfeito para construir e manter estradas – ou qualquer outra situação em que seja complicado fazer chegar o veículo ao local de trabalho.”

Astrid Drewsen resume a nova parceria entre a I-Shift e eixos dianteiros motrizes: “Vai ser apreciado onde quer que exista o risco de ficar preso e sempre que a embraiagem e a alavanca das mudanças forem constantemente utilizadas.”

Explore a transmissão I-Shift e as opções de software aqui

9
I-Shift